fbpx

carne bovina

China increases purchases and Brazil exports 10% more beef in November, says Abrafrigo

China increases purchases and Brazil exports 10% more beef in November, says Abrafrigo

Purchases of beef from Brazil by China returned to growth and were decisive for the result of exports of the Brazilian product in November. The information was released, on Monday (7/12), by the Brazilian Refrigerators Association (Abrafrigo). According to the entity, total external sales of the Brazilian product grew 10% compared to November 2019.

O levantamento foi feito com base em dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia. O Brasil embarcou 197,852 mil toneladas de carne bovina in natura e industrializada em novembro. No mesmo mês no ano passado, foram 180,214 mil. A receita, na mesma comparação, aumentou 15%, de US$ 841,9 milhões para US$ 844,8 milhões.

China imported 123,000 tonnes in November alone, according to the organization. In the accumulated result of the first eleven months of the year, the exported volume totaled 1.848 million tons, 9% more than in the same interval in 2019, when shipments totaled 1.701 million tons. Exporters' revenues increased 14% in the period, from US $ 6.8 billion to US $ 7.7 billion.

In total, 82 countries increased their purchases while another 90 reduced purchases”, Says the statement released by the Association.

De acordo com a Abrafrigo, a China foi responsável por 57,9% da exportação de carne bovina brasileira neste ano. De janeiro a novembro do ano passado, essa participação estava em 43,2%. Os porcentuais incluem também as compras feitas por Hong Kong, que somaram 1,071 milhão de toneladas no período.

After China, the biggest buyer was Egypt, with 122,753 tons (-23.7% compared to 2019). The third was Chile, with 56,373 tons (-21.1%); fourth was Russia, with 56,373 tonnes (-14.8%). Fifth on the list, the United States increased purchases to 54,384 tonnes (+ 52.6%). Next came Saudi Arabia with 38,584 (-1%) and United Arab Emirates (38,137 (-45.3%).

Source: https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Criacao/Boi/noticia/2020/12/china-aumenta-compras-e-brasil-exporta-10-mais-de-carne-bovina-em-novembro-diz-abrafrigo.html

Read more
Exportação de carne bovina cresce 2,85% em setembro

Exportação de carne bovina cresce 2,85% em setembro

Os embarques de carne bovina in natura, refrigerada ou congelada, somaram em setembro 142,35 mil toneladas. O volume exportado é 2,85% maior que as 138,286 mil toneladas enviadas ao exterior em igual mês de 2019. Embora o mercado continue com demanda aquecida, na comparação com agosto deste ano a queda foi de 14,66%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (1º/10) pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia, e consideram 21 dias úteis do mês de setembro.

A receita com as vendas no mês totalizou US$ 583,138 milhões, praticamente estável, com leve redução de 0,09% ante os US$ 583,681 milhões de setembro de 2019, e 10,86% inferior aos US$ 654,23 milhões de agosto. Isso ocorreu por conta do mercado Chinês, o grande cliente da carne brasileira.

De acordo com a consultoria Agrifatto, nas duas últimas semanas de setembro os embarques foram menores, em decorrência do feriado chinês e dos estoques elevados de proteínas animais do país asiático. Por exemplo, a “Semana de Ouro” Chinesa, na qual está o Dia Nacional da China, começa hoje e vai até o próximo dia 8 de outubro, com o país praticamente paralisado em diversos setores.

Mesmo assim, o preço médio da tonelada embarcada continua firme, tomando todos os mercados nos quais o Brasil atua. Em setembro ele foi de US$ 4.096,50, ante US$ 4.220,80 de setembro do ano passado e US$ 4.008,30 em agosto de 2020.

Exportação de carne bovina in natura, em 2020 (em US$/tonelada):

  • Janeiro: 116,9 mil/t – US$ 565,1 milhões
  • Fevereiro: 110,6 mil/t – US$ 493,9 milhões
  • Março: 125,9 mil/t – US$ 554,7 milhões
  • Abril: 116,3 mil/t – US$ 508,7 milhões
  • Maio: 155,1 mil/t – US$ 682,4 milhões
  • Junho: 152 mil/t – US$ 655,5 milhões
  • Julho: 169,3 mil/t – US$ 690,8 milhões
  • Agosto: 163 mil/t – US$ 654,2 milhões
  • Setembro: 142,3 mil/t – US$ 583,1

Fonte: Secex e Portal DBO
Source: https://www.beefpoint.com.br/exportacao-de-carne-bovina-cresce-285-em-setembro/

Read more